Mogadouro

Centro de interpretação


Integração do edifício numa paisagem bucólica, onde a sua maior expressão é a própria cobertura, visto que a aproximação é descendente. O edífício mistura-se com a paisagem através de uma arquitectura monolítica, em betão aparente, com amplas aberturas horizontais onde o vidro permite transparências, que denunciem o interior.

p8_1.jpgp8_2.jpgp8_3.jpg

01

Transparências

02

Segurança

03

Grandes superfícies de vidro

Produtos: HYLINE 40
Arquitecto: Vitor Mogadouro
Tipo: Centro de Exposições

É possível integrar uma fechadura eletromagnética e ou com chave no sistema HYLINE para uma melhor segurança e controle. Grandes superfícies de vidro até 18m².